Menu

Menu

Nos dias 13 e 14 de maio realizou-se a visita de estudo interdepartamental do 11º ano, dos Cursos Científico Humanísticos, à Serra da Estrela. No primeiro dia, acolhidos e orientados pelos excelentes guias do Geoparque Estrela, os alunos usufruíram de explicações sobre a edificação da serra, a sua geo/biodiversidade e relevo. Desta forma aprofundaram e consolidaram múltiplas aprendizagens, em contexto real, através da visita a alguns dos geossítios mais emblemáticos da Estrela, como a Lagoa Comprida, o Vale Glaciário de Loriga , o Planalto da Torre, o Covão do Boi e o Miradouro de Piornos. Observaram também algumas situações que se revestem de novas oportunidades para o espaço rural, com a visita à aldeia do Sabugueiro, onde se multiplicam as iniciativas de Turismo em Espaço Rural (TER). Foi ainda possível observar uma praia fluvial e constatar o aproveitamento dos recursos endógenos, não só em todo o comércio existente nos locais por onde passamos, como na Torre; desde os queijos, ao presunto e aos produtos em lã ou couro.

No segundo dia os alunos do Curso de Ciências e Tecnologias visitaram o Museu Natural de Eletricidade de Seia que se encontra instalado no edifício da antiga Central da Senhora do Desterro. Aqui os alunos tiveram oportunidade de realizar uma “viajam” centenária ao passado a nível do património tecnológico, natural, cultural e social, ficando a conhecer o desenvolvimento tecnológico e industrial na produção de energia elétrica durante o século XX.

Na sala das máquinas tomaram contacto com o processo de produção da central hidroelétrica, compreendendo o funcionamento dos quatro grupos geradores equipados com turbinas Pelton, que foram originalmente usados na produção da energia elétrica, do painel de comando, da conduta, do canal da restituição da água ao rio Alva e, também, com diversas ferramentas de apoio usadas na manutenção das máquinas. Tudo isto com atividades interativas dinamizadas pelos guias no decorrer da visita. Sem dúvida, uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de aprendizagens num dos domínios curriculares da disciplina de Física e Química A, num contexto real que proporcionou momentos de reflexão crítica, colaboração e aplicação do conhecimento teórico em situações concretas, reforçando a importância da ciência na vida quotidiana.

No segundo dia os alunos dos Cursos de Ciências Socioeconómicas e de Línguas e Humanidades visitaram uma das cinco queijarias existentes em Seia e foi possível acompanhar todo o processo de produção, a certificação dos produtos, a criação de postos de trabalho, bem como o aproveitamento dos recursos endógenos no fabrico do queijo, alguns puderam degustar este delicioso produto.

Nesta visita de estudo ficamos a perceber melhor as razões que permitiram a  este território ter sido reconhecido pela UNESCO como Geoparque. A confluência das três áreas fundamentais que têm de estar presentes para este reconhecimento, a Educação, a Ciência e a Cultura, revelam a importância das dinâmicas transdisciplinares, permitindo aos alunos das diferentes áreas de estudos envolvidas nesta visita, tomar consciência do potencial da partilha de conhecimentos para a gestão de territórios de forma mais sustentável. Houve ainda tempo para caminhar e apreciar as incríveis  paisagens da Serra numa salutar comunhão com a natureza.

       
       

 

 

Ensino Profissional

Contador de visitas

877756
Hoje
Ontem
Esta semana
Semana passada
Este mês
Mês passado
Total
427
1074
8528
859287
28910
34422
877756

O seu IP é: 3.236.83.14
Sat, 22 Jun 2024 09:41:08 +0000

Entrada

Apresentação da Escola Secundária D. António Taipa

Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com